Financiamentos imobiliários: Você já pensou na casa própria?

04, Sep, 2020

Sair do aluguel e investir na casa própria é o sonho de muitos brasileiros. E uma das saídas para a compra são os financiamentos imobiliários.

A maioria das pessoas busca o investimento quando toma a decisão de comprar um apartamento. No entanto, sentem dúvidas de quando é o momento ideal de dar esse passo.

São diversos os fatores para avaliar antes de recorrer ao financiamento. Para te ajudar, separamos 3 pontos para ficar de olho e para começar, entenda por que os investimentos imobiliários estão em alta no momento. Confira.


A pandemia não diminuiu os financiamentos imobiliários

A pouca movimentação dos comércios e baixas nas rendas causadas pela pandemia passam a ideia de um recuo em muitos setores. No entanto, o mercado imobiliário tem tido uma movimentação positiva.

Só no primeiro semestre de 2020, mais de 130 mil imóveis passaram por financiamentos imobiliários. Isso aponta para um aumento de 35,2% comparado ao último semestre de 2019.

Também indica a maior alta no setor de 2010 para cá. Essa evolução ocorre por alguns motivos, como a baixa da Selic apresentando o menor patamar da história.

Mas há outros pontos que motivam a busca pela casa própria sem relação com taxas e impostos. O isolamento social trouxe uma mudança de comportamento, forçando as pessoas a ficarem mais tempo em casa.

Neste sentido, a busca por um novo imóvel é motivada pela qualidade de vida. As famílias procuram espaços mais confortáveis, por exemplo. Caso você encare esse momento como o ideal para comprar o seu apartamento, é necessário saber quais aspectos precisam de atenção. Acompanhe.


1) Avalie o local do imóvel

A compra de um apartamento vai muito além de taxas e meios de financiá-lo. As condições da moradia também são importantes, sobretudo em relação à valorização.

Quando o imóvel é alugado, existe a possibilidade de ficar mais próximo ao trabalho ou a escolha dos filhos. No entanto, se o apartamento é nosso, a moradia se torna fixa.

Neste caso, é imprescindível conhecer o local antes de tomar uma decisão e optar por financiamentos imobiliários. O lugar precisa harmonizar com o seu estilo de vida e o momento profissional que está inserido.


Leia também: Compra de imóvel: 4 formas de acompanhar os estudos de preços


2) Você deve conhecer o valor da parcela

Antes da compra, é extremamente importante analisar o valor da parcela nos financiamentos imobiliários.

O parcelamento durará por alguns anos, gerando uma despesa fixa em suas finanças. Em alguns casos, o valor pode ser mais alto do que é cobrado no aluguel, por exemplo. Neste sentido, pode ser mais interessante investir em imóveis na planta, cujo custo do financiamento é muito menor.


3) Acompanhe o mercado

Em um mesmo ano, o setor sofre inúmeras mudanças positivas e negativas. Essa constante mutação requer atenção por parte dos interessados em financiamentos imobiliários.

Isso porque, em alguns casos, comprar a casa própria pode não ser tão interessante naquele momento.

Normalmente o mercado se apresenta de duas formas:

·       A alta procura por imóveis faz o valor aumentar. É comum que essa elevação ocorra em cidades que estão se desenvolvendo economicamente, tornando o custo de vida mais caro.

·       O mercado entra em recesso, onde há mais oferta do que demanda. É neste momento que você terá melhores condições para financiar seu apartamento. Os valores são mais baixos, tal como os juros, e a burocracia se mostra menos desgastante.

No cenário atual, o mercado está favorecido com a baixa na principal taxa de juros. A Selic encontra-se em 2% ao ano.

Com o momento favorável, o próximo passo a encontrar o apartamento dos seus sonhos. E aqui na Construtora Lorenzini você tem diversas opções com unidades prontas para morar.

Conheça os apartamentos à venda da Lorenzini clicando aqui.